A JANELINHA

  Loja para Bebé - Decoração, Móveis, Enxoval e Puericultura

15 Mitos da gravidez


Descubra os maiores mitos que as mães e as avós nos contam... Não desespere se não comer aquele prato que tanto deseja, a criança não vai nascer com cara disso!


Existem muitas histórias que giram em torno da gravidez. São tantos contos e lendas que a mãe fica sem saber se acredita ou não. Há informações que até são verdadeiras mas há outras que são apenas mitos e que passam de geração para geração sem saber onde começou.


Aqui vamos desmistificar algumas histórias que as avós, tias e vizinhas ainda acham que são verdadeiras e deixam a cabeça da futura mãe confusa. Enquanto o feto cresce na barriga, a mãe passa por um turbilhão de emoções e sensações que são interpretadas pelas pessoas das mais diversas formas. Mas nem tudo o que as pessoas dizem é verdade. O que acontece é que antigamente não havia muita informação sobre este assunto, então as pessoas tentavam arranjar teorias para justificar certos acontecimentos, o que levou à existência de muitos mitos. Felizmente, a ciência evoluiu e, hoje em dia, há bastante informação sobre estes assuntos e as grávidas já podem tirar todas as suas dúvidas.



Conheça agora alguns dos maiores mitos sobre a gravidez:

 

O sexo pode prejudicar o bebé - O sexo só será proibido se o médico encontrar alguma alteração com a gestação (como deslocamento de placenta e tensão alta). Se não tiver problema algum com a gestante e o bebé, o sexo está mais do que permitido. O sexo não magoa o bebé, já que este está envolvido pela placenta. E além de aumentar o fluxo sanguíneo na área da bacia aumentando a oxigenação fetal, as endorfinas produzidas no orgasmo trazem a sensação de bem-estar ao bebé e também ajuda na preparação do parto.

 

Ficar em jejum para diminuir os enjoos - Pelo contrário, a mulher deve comer mais vezes e em menos quantidade se quiser diminuir a sensação de enjoo.

 

A grávida pode e deve comer por dois - Mais um engano. A mulher deve aumentar apenas 300 calorias por dia para que tenha uma gravidez saudável sem um grande aumento de peso. Essa quantidade já é suficiente para que o bebé se desenvolva de forma satisfatória. A mulher deve comer de forma mais saudável.

 

Se a grávida tem muita azia, é porque o bebé vai ser cabeludo - O que vai definir se o seu filho vai ser ou não cabeludo não é a azia e, sim, a genética. A azia aparece porque o útero pressiona o estômago, causando um refluxo do ácido do estômago.

 

Se os desejos da grávida não forem satisfeitos o bebé pode nascer com algum sinal - Os desejos são originados normalmente devido à necessidades do organismo da grávida, como falta de alguma vitamina. Mas se a mãe não comer alguma coisa em específico que tem vontade, acredite que o bebé não vai nascer com cara disso.

 

Grávidas devem fazer sauna ou permanecer em banheiras com água quente por muito tempo - Outro mito! As grávidas não podem ficar em banheiras e saunas por muito tempo. O calor estimula a vasodilatação dos vasos, podendo levar a uma hipotensão arterial. E isso prejudica o transporte sanguíneo para o feto.

 

Beber muito leite significa que vai produzir mais leite - Beber leite durante a gravidez não tem implicações na quantidade de leite produzido depois de o bebé nascer.

 

Soprar na nuca do parceiro quando este está a dormir, passa os enjoos para ele - Enjoos são causados pelas inúmeras hormonas que a mulher tem no seu organismo durante a gravidez e isso não melhora com esta situação. Também varia de mulher para mulher: algumas têm bastantes enjoos na gravidez, outras apenas nos primeiros meses e algumas não têm de todo.

 

Barriga larga indica menina e pontiaguda menino - A forma da barriga não tem relação com o sexo do bebé. A barriga desenvolve-se de acordo com o corpo da mãe, se bem que por vezes haja a coincidência de se relacionar com estes aspetos indicados.

 

Exercícios físicos durante a gravidez fazem mal - Não podemos realizar as mesmas atividades físicas de antes da gravidez, mas exercícios supervisionados por um profissional especializado são mais do que recomendados. Hidroginástica e caminhada são exercícios de baixo impacto que podem ser realizados pela futura mãe.

 

Fazer o pino depois do sexo ajuda a conceber - Mito. Algumas pessoas pensam que fazer o pino depois do sexo ajuda a conceber a quem está a ter problemas em engravidar, o que não é verdade.

 

A diminuição de pelos na grávida significa que ela terá uma menina - A redução de pelos, em algumas grávidas, tem relação directa com o metabolismo hormonal da gravidez e não com o sexo da criança.

 

Se a grávida carregar chaves ou medalhas ao pescoço, a criança nasce com marcas na pele - Não há nenhuma relação entre as bijutarias que a grávida usa e a pele do bebé.

 

As grávidas não podem fazer depilação a cera - A depilação com cera quente ou feita com lâmina pode ser feita sem restrições. No entanto, a chamada depilação definitiva, ou depilação a laser, não é recomendada em nenhuma parte do corpo, já que nunca foram feitos testes para saber qual é o efeito do laser no bebé.

 

As grávidas não podem pintar as unhas - Os químicos existentes nos vernizes e na acetona não causam nenhum problema ao bebé.

 

Fonte: lifestyle.sapo.pt