A JANELINHA

  Loja para Bebé - Decoração, Móveis, Enxoval e Puericultura

6 coisas que o bebé faz dentro da barriga da mãe


Bocejar, fazer xixi e até sonhar. Acredite, o bebê tem muito o que fazer no útero

 

Por Redação Pais & Filhos

Sonhar

Os bebés dentro da barriga dormem a maior parte do tempo, cerca de 16 horas por dia para 8 horas acordados. Enquanto estão a dormir, eles sonham com as vivências que tiveram durante o dia. “As experiências da mãe também são associadas pelo bebé enquanto estão a sonhar como sustos ou stress”. Por isso, para que o bebé tenha boas experiências na barriga da mãe, é importante conversar com ele, transmitir amor e procurar não se estressar durante a gestação. Os sonhos costumam intensificar-se no final da gestação, momento em que acontece a maior quantidade de sinapses, transmissões entre os neurônios.

 

Bocejar

Já que eles passam tanto tempo dormindo, nada mais comum do que bocejar. Uma pesquisa realizada pela Universidade Durham, na Inglaterra, mostra que os bebês bocejam no útero da mãe. Os cientistas observaram os movimentos de 15 fetos saudáveis entre a 24ª e 36ª semana e analisaram as vezes que eles abriram a boca. Eles distinguiram os bocejos de outras aberturas de boca pelo tempo de duração do movimento. Segundo a pesquisa, o bocejo é 50% mais demorado.  A partir do quinto mês o feto já começa a manifestar movimentos faciais, como franzir a testa, abrir a boca e bocejar.

 

Fazer xixi

90% do líquido amniótico é composto pela urina do bebê. Calma, não é o mesmo xixi que um recém-nascido faz. A urina do feto é composta quase toda por água.  A partir do quinto mês, o bebé já consegue digerir o líquido amniótico que engole. Ou seja, vira um ciclo sem fim: ele faz xixi, o engole, fax xixi de novo, engole de novo...

 

Chupar o dedo

A partir do terceiro trimestre de gravidez o bebé também começa a chupar o dedo. Eles fazem isso para fortalecer a musculatura relacionada com o movimento de sucção.

 

Mostrar a língua

No final da gravidez, o bebé realiza movimentos e expressões semelhantes aos de um recém-nascido. Que giro se conseguir ver esse momento na ecografia.

 

Reconhecer a voz da mãe

Sim, essa talvez seja uma das grandes belezas da gravidez. Mesmo antes de nascer, o feto consegue reconhecer a voz e os batimentos cardíacos da mãe. Essa capacidade pode ser evidenciada a partir do terceiro trimestre de gravidez.