A JANELINHA

  Loja para Bebé - Decoração, Móveis e Enxoval

Como poupar ao fazer o quarto do seu bebé


Decorar um quartinho de bebé não é barato, principalmente se os pais pretendem comprar artigos de qualidade. Mas às vezes, é possível poupar em algumas coisas, o que permite que do orçamento estipulado se possa desviar dinheiro para coisas fundamentais, tornando o quartinho bonito, confortável e muito acolhedor. E a palavra de ordem hoje em dia é RECICLAR!


Algumas ideas:

1. Poupar não significa comprar feio ou sem qualidade. Significa ter ideias, reaproveitar, recuperar, melhorar o que já tem. 

2.  Junte os primos e amigos habilidosos para fazerem pequenas obras necessárias. Pintar uma parede, colocar papel de parede...
3. Veja em casa dos pais ou dos avós se há móveis que pode aproveitar. Provavelmente até ficarão satisfeitos por se verem livres de alguma coisa que já têm em casa há muitas dezenas de anos. Armários, Cómodas, Estantes, até Louceiros, podem ser pintados de novo e utilizados para novas funções. Mas atenção ao restauro. Faça-o só se tiver a certeza de que fica em condições e sem perigo para o seu bebé. Há muitas dicas na internet, mas são trabalhos demorados e que exigem bastante habilidade.

Nesta imagem, pode ver uma antiga estante para livros foi pintada de branco e tornou-se num prático e útil móvel de apoio num quarto de bebé
O antes e o depois de um Armário completamente remodelado.
Por dentro pode forrá-lo com papel para lhe dar um ar amoroso e muito bebé

Esta Cómoda, estilo Queen Anne que se usou muito no tempo dos nossos pais e avós, ficou linda lacada a branco. Adoro o pormenor dos puxadores em prateado.

Um antigo louceiro de sala foi transformado num útil móvel de apoio e ficou perfeitamente enquadrado na decoração do quarto

Uma mesa antiga de pé de galo
foi pintada de branco e fica lindo para apoio no quarto do bebé
 

4. Misture móveis antigos de que gosta com móveis que compre agora. O efeito pode ser muito bonito e consegue arrumação extra dando ao quarto um aspecto interessante e acolhedor.

Que amor ficou este quarto com uma cómoda antiga estilo provençal
misturada com uma cama de grades branca,
nova e dentro de todos os padrões de qualidade hoje exigidos.


5. Uma ideia que "roubei" de uma cliente aqui da Loja. Como cesto de cosméticos use o cesto que usou no seu casamento para distribuir os presentinhos pelos convidados. Se ainda for a tempo, escolha esse cestinho já a pensar nesta 2ª função. Além de ter história, é só forrar de novo. Mais uma vez, atenção a quem faz o trabalho. Forrar um cesto não é tarefa fácil, até para uma costureira com alguma experiência.

6. Em vez de Cesto, também pode usar um tabuleiro reciclado e pintado de acordo com a decoração do quarto. Junte acessórios a condizer.

Se pretende um ambiente requintado, procure nos presentes de casamento uma bandeja prateada para usar como base e complemente com frascos de vidro ou prata. Se não tiver estes objectos, procure em feiras de antiguidades ou em sites que vendem objectos antigos em 2º mão.

Um cesto de verga rectangular pintado de branco
pode ser também ficar muito bonito

 

7. Comprar tecidos e mandar fazer a uma tia ou avó habilidosa nem sempre é a solução mais barata. A não ser que faça muito gosto que alguém especial faça os acessórios para o quarto do seu bebé, normalmente os ateliers que trabalham para as lojas conseguem preços mais baratos nos tecidos e enchimentos por comprarem em quantidade. Por isso, na maioria das vezes, o preço final pode ser compensador. Faça bem as contas.


8. Aproveite alguns acessórios, como candeeiros (é só fazer um abat-jour novo), ou compre puxadores novos para dar um ar diferente a cómodas ou armários que já tenha.


9. Tire medidas antes de fazer compras. Não desate a comprar móveis e acessórios sem ter a certeza que tudo vai caber no quartinho de forma confortável. Já imaginou comprar uma prateleira por impulso e ela não caber no lugar que tinha planeado? 


10. As cortinas em voile, além de darem leveza ao quarto, são normalmente mais baratas do que as de tecido mais encorpado. Outra solução para poupar é procurar nas lojas de tecido cortes de fim de rolo que normalmente são vendidos a preços muito mais baixos.

No entanto, procure sempre tecidos de qualidade. Atenção às misturas de fibras que tornam o cair da cortina estranho e ficam feias logo na primeira lavagem.

Também não é toda a costureira que faz umas cortinas na perfeição. É um trabalho que tem muita técnica e exige muita experiência. Não poupe na confecção, entregando a alguém que faça mais barato mas que não vai apresentar um bom trabalho. Arrisca-se a gastar dinheiro no tecido para depois ficar desiludida com o trabalho final.
 

11. Nos caso dos têxteis, atenção aos produtos muito baratos. Normalmente são situações em que o barato sai caro! A qualidade dos tecidos e dos enchimentos são fundamentais para o conforto do seu bebé e para a durabilidade dos produtos. Sei de casos em que na primeira lavagem os enchimentos ou os tecidos encolhem de tal forme que os artigos não podem voltar a ser utilizados. Outras vezes as cores desbotam. Se pretende uma coisa mais barata procure nas lojas de bebé que vendem produtos de qualidade. Normalmente encontra sempre colecções descontinuadas que estão em promoção!

12. Reutilizar Berços e Camas de familia é uma das situações que mais nos aparecem. Adoro esta ideia de que algo tem história, de que o amor que envolveu os bebés no passado, se multiplica e se estende aos novos bebés da familia.

A maior dificuldade é sempre arranjar um novo colchão, pois berços com 30, 40 e às vezes com mais de 100 anos, como já nos têm aparecido, não têm as medidas que são vulgares hoje em dia. Em alguns casos é possivel reutilizar as vestiduras, mas em muitas situações é preciso fazer tudo de novo. 

Confesso que nestes casos acho sempre bem empregue o tempo e o dinheiro que envolvem estas reutilizações. No entanto, pondere bem, pois este pode ser um caso em que reciclar fica mais caro do que comprar de novo.
 
13. Vasculhe as arcas da avó, da mãe e da sogra à procura de enxoval de bebé antigo. Vai ficar surpeendida com a quantidade de coisas bonitas que vai encontrar e hoje em dia tão na moda. Cueiros, interiores, lençóis, toucas e mantas, às vezes já babygrows e roupinha para sair... Já viu o prazer de vestir a sua bebé com o vestidinho de rendas que foi seu ou pôr na cama do seu bebé uns lençóis que foram do pai e do avô?

Na foto, o meu filho G*, com cerca de 3 semanas, usou estes lençóis bordados à mão que foram do pai. Já estão guardados para a próxima geração.

14. Para poupar, é essencial planear a iluminação e o aquecimento do quarto. Não se esqueça, que a iluminação da casa corresponde a cerca de 15% do consumo de electricidade total. Use a abuse das novas lâmpadas de baixo consumo, mais caras mas que duram anos e consomem menos energia, reduzindo a factura da luz no final do mês. Reduza ainda a potência das lâmpadas até ao essencial  já que normalmente usamos sempre acima do que é necessário.  Atenção ainda às diferentes cores que existem; a branca cria uma ambiente mais frio mas mais luminoso e a amarela, um ambiente mais acolhedor.

 



15. Reaproveite os restos do papel de parede e de tecidos para forrar os fundos das gavetas e dos armários, para forrar caixas, cestos e outros acessórios.

    Que giro ficou este Armário restaurado pela decoradora Beatriz Leones para o Querido Mudei a         Casa. As madeiras foram pintadas e o interior forrado com papel igual ao que foi usado na parede.

                                             Muitos dos acessórios são d'A Janelinha.

Gostariamos imenso que nos enviassem as vossas dicas para poupar, para reutilizar e para inovar. Ficamos às espera de mais ideias giras! De certeza que as novas mamãs vão apreciar.

Envie-nos um e-mail ([email protected]) e publicaremos aqui as ideias mais interessantes.


Obrigada!

Autor: A JANELINHA